Fórum Estadual de Alagoas

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

14/03/2017 19:07:12 - Atualizado em 14/03/2017 19:17:22


Prefeito de Maceió recebe integrantes de fórum de combate ao trabalho infantil

Rui Palmeira recebe as representantes do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador

O prefeito Rui Palmeira recebeu, na tarde desta terça-feira (14), representantes do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador em Alagoas (Fetipat). Durante a reunião, foi apresentada a pauta de ações do fórum e solicitado apoio da Prefeitura aos trabalhos de defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Rui Palmeira recebe as representantes do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Rui Palmeira recebe representantes do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Rui Palmeira destacou as ações da Prefeitura voltadas à proteção da infância, destacando o fortalecimento dos conselhos e a qualificação dos conselheiros tutelares em Maceió. “Este momento é importante para saber como o Município pode fazer mais. Já mudamos o modo de escolha dos conselheiros tutelares, pensando na melhoria da execução das tarefas. Queremos pessoas com nível superior para dar mais qualidade ao serviço”, disse Rui Palmeira.

Rui Palmeira recebe as representantes do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Rui Palmeira recebe as representantes do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A coordenadora-geral do Fetipat e representante do Ministério do Trabalho/SRTE-AL, Railene Cunha Gomes, destacou a importância do encontro para o fortalecimento das ações de combate ao trabalho infantil em Maceió. “Viemos trazer propostas para buscar combater a prática irregular da exploração do trabalho infantil. O prefeito, junto com os secretários de Assistência Social, Saúde e Educação, comprometeu-se a tocar essa pauta de forma interligada”, destacou.

Railene Cunha - Coordenadora geral do  Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador.  Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Railene Cunha – Coordenadora geral do Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente Trabalhador. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Também participaram da reunião a procuradora Virginia de Araújo Gonçalves Ferreira, da coordenação colegiada do Fetipat (Ministério Público do Trabalho/PRT 19ª Região) e Juliana Vergetti, chefe de Gabinete da Prefeitura de Maceió e coordenadora da Plataforma dos Centro Urbanos (PCU) do Unicef.

“Estamos nos unindo ao Ministério Público do Trabalho e a diversos outros órgãos para fortalecer essa rede de proteção aos direitos da criança e do adolescente. Maceió tem uma parceria muito forte com o Unicef e o Pnud. Trabalhamos de forma integrada para traçarmos um plano de ação para a redução e erradicação do trabalho infantil”, reforçou Juliana Vergetti.

Secom Maceió

Galeria fotos http://www.maceio.al.gov.br/galeria/fetipat/

Fonte: Secom Maceió


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

12 de Junho: Lançamento da Campanha no Rio de Janeiro é marcado por atividades culturais e participação da sociedade

Realizado no Museu do Amanhã, evento foi aberto ao público e contou com oficinas, apresentações e manifestações culturais

Artigo: 12 de Junho, para além do dia dos namorados

Combater o trabalho infantil exige a decisão do Estado brasileiro em investir em políticas públicas de combate às vulnerabilidades sociais, aponta integrante do FNPETI em artigo para a Carta Educação

ESMPU realiza simpósio sobre trabalho infantil de crianças e adolescentes

Evento discute ações práticas de conscientização, prevenção e combate à exploração do trabalho infantil

FNPETI mobiliza comunidade escolar contra o trabalho infantil

Mais de mil alunos participaram de contação de histórias sobre direitos das crianças