Fórum Estadual de Alagoas

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

10/04/2018 09:40:41 - Atualizado em 10/04/2018 09:40:42


PETI Volante publica relatório de atividades

Documento traça perfil de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil em Maceió em 2017

O Projeto PETI Volante publicou relatório de atividades de 2017, com informações sobre o perfil de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil em Maceió, capital de Alagoas.
 
Em execução desde o início de 2016, o PETI Volante tem como objetico identificar casos de trabalho infantil e encaminhá-los à rede de proteção à infância e adolescência com o intuito de acompanhar a família, colaborando com esta para a superação da situação de violação de direito e consequente retirada da criança e do adolescente das ruas em busca de recursos financeiros. 
 
Em 2017 foram realizadas dez ações do PETI volante nos seguintes pontos: orla marítima Pajuçara, orla marítima Jatiúca, orla marítima Guaxuma, orla marítima Mirante da Sereia, centro de Maceió, sinal Makro/Tupan, sinal do Shopping Pátio, sinal da Rodoviária Interestadual, Expoagro e cemitérios públicos de Maceió. Os locais foram selecionados a partir da observação (realizadas pelas equipes da SEMAS –Abordagem Social e PETI, bem como por outros atores da rede) do grande número de crianças e adolescentes desempenhando atividades laborais nesses espaços.
 
Ao todo, foram 82 identificações, sendo seis delas de crianças e adolescentes de outros municípios alagoanos, um de outro estado e 75 que residem em Maceió. 
 
Entre os avanços na execução desse projeto, destacam-se o aperfeiçoamento da Ficha de Identificação que possibilita a coleta de dados mais amplos a respeito da situação familiar (acesso a benefício social e trabalho) e investiga detalhes da atividade desempenhada pela criança ou adolescente, tal como se há ou não empregador e a renda alcançada com a execução do trabalho. Além disso, a realização das atividades tem dado condições de aproximação com a realidade vivenciada pelo público ora tratado e suas famílias, induzindo a reflexões de estratégias de enfrentamento das dificuldades enfrentadas pelas comunidades e gerando propostas de evolução da política pública no atendimento às necessidades dos munícipes. 
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

ONU: Brasil se mantém na 79ª posição no ranking do IDH

O país perde 23,9% do seu IDH quando se consideram as desigualdades

G20: organizações exigem compromisso com a implementação efetiva da agenda de educação 2030

Organizações da América Latina e do Caribe demandam aos Estados do G20 que garantam o fortalecimento de sistemas de educação públicos

FECTIPA-MG divulga moção de repúdio contra redução de vagas de Aprendizagem

Documento critica a tentativa de alteração da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO)

Instituto Sou da Paz lança estudo sobre reincidência infracional

“Aí eu voltei para o corre” aponta forte relação entre a prática da primeira infração e evasão escolar, entre outros fatores