Fórum Estadual da Bahia

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

27/03/2018 10:21:51 - Atualizado em 27/03/2018 10:21:51


Porto Seguro debate trabalho infantil

Cidade sedia o "I Seminário As escolas juntas no enfrentamento ao trabalho infantil”

O direito de ser criança envolve a liberdade, o respeito e a dignidade, estando a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor. É dever da família, da escola, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação destes direitos. Entretanto, embora protegidas juridicamente, a vida de crianças e adolescentes espalhadas pelo mundo encontra-se desamparada.
 
No Brasil, cerca de 2,5 milhões de crianças encontra-se em situação de trabalho infantil, cujos direitos são violados diariamente. Para que se entenda melhor esse problema social é importante construirmos uma visão territorializada, visto que este tipo de exploração possui características diversas, segundo o município ou bairro em que ocorre, o tipo de atividade realizada, os prejuízos que ela acarreta nas crianças e adolescentes e a realidade socioeconômica do local e das famílias, entre outras.
 
Entendendo essa necessidade foi que o Instituto Mãe Terra (IMT) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Porto Seguro (COMDICA) propuseram em 2016 a execução do Projeto Filhos da Terra: um despertar para a educação cidadã, financiado pela Fundação Itaú Social. De forma articulada, as duas instituições empreenderam a realização de um Diagnóstico Situacional do Trabalho Infantil no Município, realizado a partir da escuta de 1.165 crianças de 6 a 12 anos de idade, de 81 escolas municipais.
 
Os dados foram apresentados no I Seminário “As Escolas Juntas no Enfrentamento ao Trabalho Infantil”, realizado no dia 10 de Março, no Auditório do SENAC em Porto Seguro. Para o levantamento dos dados e informações, foi aplicada uma metodologia interativa lúdica – contação de histórias, vernissage e baile do futuro - que identificou e caracterizou o trabalho infantil no território (zona urbana, rural e indígena) e as específicas vulnerabilidades vivenciadas pelas crianças que nele vivem, destacou Flaelma Almeida, coordenadora pedagógica do projeto.
 
O evento é uma das ações propostas pelo Projeto Filhos da Terra como contribuição ao Plano Municipal de Enfrentamento ao Trabalho Infantil de Porto Seguro.
 

Fonte: Instituto Mãe Terra


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

SINAIT comemora 30 anos de existência com seminário

“Seminário Internacional 30 anos da Constituição Cidadã e um ano da Reforma Trabalhista” reúne especialistas em Brasília

Aberta a votação do Eleitor Mirim, onde criança também tem voz!

Programa é realizado em anos eleitorais, com a contribuição de professores

FNPETI participa da cerimônia de posse do Comitê de adolescentes do CDCA

Mais de 30 adolescentes tomaram posse no Conselho do DF

FNPETI participa de roda de conversa com adolescentes e jovens do Programa Primeiro Passo

A importância do voto no exercício da cidadania e o papel dos políticos foram os temas da conversa