Publicações

Dissertação de Mestrado: Trabalho infantil esportivo e artístico: o sentido a partir da vivência

O trabalho infantil esportivo e artístico por vezes não é considerado como tal e em detrimento da fama não se visualizam os danos ao desenvolvimento. Ressalta-se assim a relevância social e teórica dessa dissertação. Tendo como objetivo geral: analisar o sentido de trabalho infantil esportivo e artístico na perspectiva de quem vivencia ou já vivenciou estas atividades laborais e as implicações das mesmas. E como objetivos específicos: caracterizar o perfil biossociodemográfico das crianças/adolescentes e adultos que vivenciam/vivenciaram essas formas de trabalho infantil, as implicações do trabalho infantil esportivo e artístico para quem vivencia ou quem vivenciou; analisar a vivência no trabalho infantil esportivo e artístico; a relação entre condição de vida e trabalho infantil; identificar o significado de trabalhar em um ambiente que envolve fama e ascensão financeira; e o projeto de vida das crianças/adolescentes e adultos na época em que trabalhavam. Adota-se como abordagem a Teoria Histórico-Cultural de Vygotski, especificamente as categorias sentido, significado, vivência e projeto de vida. Participaram da pesquisa crianças/adolescentes e adultos que vivenciam ou vivenciaram o trabalho infantil esportivo ou artístico. Para determinar o tamanho da amostra foi utilizado o critério de saturação. Utilizou-se como instrumento a entrevista semiestruturada e para a análise dos dados o mapa de associação de ideias. Entrevistou-se 19 pessoas, sendo doze do sexo masculino e sete do sexo feminino. As idades em que ingressaram na carreira variaram entre 4 e 16 anos. Destacam-se como implicações adultização precoce, lesões, prejuízos no rendimento escolar e na vida social. No que se refere ao sentido da atividade os artistas concebem como trabalho, os atletas caracterizam como lazer. Faz-se necessário compreender o limiar que separa a atividade que é benéfica para o desenvolvimento e o que é exploração de criança e adolescente.

Autor(a): Kássia Kiss Grangeiro Belém - UFPB

Outros itens

Tese de Doutorado: Política de formação profissional e contextos sociais: trajetórias e projetos de vida de jovens

Esta tese tem como objetivo geral analisar o contexto disponibilizado pela Política Pública de Formação Profissional e a apropriação desta pelos jo...

Tese de Doutorado: Avaliação da eficácia e efetividade do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil a partir da perspectiva dos usuários e agentes

A avaliação é uma das etapas de uma política pública que permite identificar ações ineficientes e ineficazes e, com isso, planejar, desenhar e impl...

Dissertação de Mestrado: As implicações psicossociais do trabalho precoce em adultos

O Objetivo da presente dissertação é analisar as implicações psicossociais do trabalho precoce em adultos. Para tal, adotou-se como referencial teó...

Tese de Doutorado: A Política de Saúde no Enfrentamento ao Trabalho Precoce

Analisa a política de saúde no enfrentamento ao trabalho infantil como garantia de direitos. A tese é a de que não há enfrentamento ao trabalho pre...

Olhares sobre Trabalho Infantil: Fios e Desafios

Espero que a linha que nos será comum possa tecer os fios e os desafios a serem estabelecidos entre nós para tentar trazer à luz o compromisso com ...