Fórum Estadual de Goiás

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

11/07/2017 14:35:34 - Atualizado em 11/07/2017 14:35:34


Orizona-GO realiza ação de combate ao trabalho infantil

Crianças e adolescentes participaram de palestras e concursos como forma de prevenir o trabalho infantil

Em alusão ao Dia Mundial e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho), o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Orizona (GO) desenvolveu uma ação com crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV-CAF). 
 
A prevenção ao trabalho infantil ficou por conta de palestras de orientação, vídeos e o concurso de desenho e redação com o tema “É tempo de brincar e ir a escola: Diga não ao trabalho infantil”. No dia 13 de junho, no auditório do Fórum de Orizona, foi realizada a cerimônia de premiação dos vencedores dos trabalhos, apresentação cultural com a música “Diga não ao trabalho infantil” com letra e melodia feita pelas próprias crianças e adolescentes, seguidos de um lanche especial para todos os participantes.
 
As secretarias municipais de Ação Social, Esporte, Saúde e Educação, o Conselho Tutelar, o Ministério Público, a Promotoria de Justiça, o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), a Turma do Plenarinho, a Câmara de Vereadores e Prefeitura de Orizona foram parceiros nestas ações.
Os participantes receberam os broches de cata-vento fornecidos pelo FNPETI, além de revistinhas do Plenarinho e da Turminha do MPF.
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Mundo tem 152 milhões de crianças no trabalho infantil

Novas estimativas globais serão lançadas hoje pela OIT e parceiros durante a Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque

Seminário ECA, 27 anos depois, debate trabalho infantil

Representantes do FNPETI, do FETIPAT-AL e do FEPETI-SE participam do encontro nesta semana em Alagoas

Menino de 14 anos morre após ser atropelado enquanto trabalhava

Adolescente trabalhava no Lixão da Estrutural, em Brasília

BA: Jovens de Salvador lançam peças de comunicação

Coletânea é resultado de formações com jovens de 15 a 29 anos, moradores de bairros periféricos