Fórum Estadual do Maranhão

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

02/10/2017 18:29:56 - Atualizado em 08/11/2017 13:09:59


FEPETIMA PARTICIPA DE ENCONTRO DE CONSELHEIROS TUTELARES

O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil do Maranhão (FEPETIMA) participou do Encontro Estadual de Conselheiros (as) e Ex- Conselheiros (as) Tutelares.

O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil do Maranhão (FEPETIMA) participou  do Encontro Estadual de Conselheiros (as) e Ex- Conselheiros (as) Tutelares.

O painel: Como combater, prevenir e erradicar o trabalho infantil no Maranhão, teve a participação da Secretária Executiva do FEPETIMA, Poliane Mendes, da Coordenadora do projeto de combate ao Trabalho Infantil da Superitência do Ministério dos Trabalho e Emprego no Maranhão (SMTE), Franciana Ibiapina com mediação do Assessor de Comunicação do FEPETIMA, Marcos Japi e da debatedora Irá Barbosa Conselheira Tutelar de Santa Luzia do Tide.

“ Foi uma ótima oportunidade para o FEPETIMA dialogar com os Conselheiros Tutelares do estado, tirar duvidas e fortalecer o Fórum na rede da infância” destacou Poliane Mendes, Secretária Executiva do FEPETIMA. O evento aconteceu de 27 a 30 de setembro em Barreirinhas.

Fonte: Ascom FEPETIMA


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Prêmio MPT na Escola será entregue na segunda-feira

Foram 51 trabalhos classificados para a etapa nacional, dos quais 30 serão premiados em cerimônia em 11 de dezembro em Brasília

Trabalho infantil, racismo e manipulação nos dados da PNAD

Em artigo, procuradora do Trabalho Elisiane Santos declara que mais de 1 milhão de trabalhadores infantis estão invisíveis na pesquisa

Nota explicativa sobre os dados de trabalho infantil da PNAD Contínua 2016

Ao apresentar número absoluto de trabalho infantil, não foram somados os dados de crianças e adolescentes que trabalham para o próprio consumo

Salvador debate sobre extermínio da juventude negra

Audiência pública acontece na próxima terça-feira (28), como parte das ações do Novembro Negro na capital baiana