Notícia

30/08/2017 14:35:25 - Atualizado em 30/08/2017 14:36:48


PB: Seminário discute reforma trabalhista e saúde do trabalhador

Secretária executiva do FNPETI apresentará a palestra “Erradicação do trabalho infantil: aprendizagem e trabalho decente"

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) realizará nesta sexta-feira (1) um seminário para discutir as alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) aprovadas pelo Congresso Nacional e sancionadas pelo presidente da República em julho passado. O tema em discussão será: “Trabalho decente e os impactos da reforma trabalhista”.
 
A secretária executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), Isa Oliveira, participará do encontro. Isa apresentará a palestra “Erradicação do trabalho infantil: aprendizagem e trabalho decente”. 
 
O seminário também terá a participação da ministra Delaíde Alves Miranda Arantes, do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e vai focar quais as implicações trazidas pela reforma trabalhista na vida do trabalhador no que diz respeito ao trabalho decente.
 
Confira a programação:
 
Das 8h30 às 10h - Isa Maria de Oliveira, secretária executiva do FNPETI
Palestra: “Erradicação do trabalho infantil: Aprendizagem e trabalho decente”.

Das 10h às 12h - ministra Delaíde Alves Miranda Arantes
Palestra: “A Reforma Trabalhista e os Impactos no Trabalho Decente”.

Das 14h às 16h – Camila Pereira Abagaro
Palestra: "Ainda posso, sou produtivo: identidade, trabalho e saúde".

Das 16h às 18h - Paulo César Zambroni de Souza
Palestra: “Subjetividade e trabalho no Brasil atual: o sofrimento patógeno como regra”.
 
Um mundo sem trabalho infantil
Até o próximo dia 15 deste mês estará aberta ao público, no Fórum do Trabalho Maximiano Figueiredo, em João Pessoa, a exposição “Um Mundo sem Trabalho Infantil”, que apresenta um retrato cruel das piores formas de trabalho infantil no Brasil e no mundo. 
 
A mostra reúne 16 grandes painéis retratando o trabalho infantil no campo, nas ruas e nos lixões. Mostra atividades ilícitas, a escravidão, a exploração sexual e o trabalho doméstico. Ainda exibe um painel de mais de dez metros com a linha do tempo contando a história do trabalho infantil no mundo.
 
O evento é uma ação do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho, em parceria com o Tribunal Superior do Trabalho (TST).
 

 

Fonte: TRT 13


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

IV Conferência Mundial sobre Erradicação do Trabalho Infantil divulga declaração de Buenos Aires

No documento, participantes da Conferência reiteram o compromisso com a erradicação do trabalho infantil

Gigantes da tecnologia não fazem o suficiente para evitar trabalho infantil

Pesquisa sobre empresas de eletrônicos e de carros mostra que existem “pontos cegos” nas cadeias de fornecedores de cobalto

Conanda seleciona adolescentes para participarem de Comitê

Inscrições terminam em 10 de dezembro; a seleção será via internet

Negros são maioria no trabalho infantil

Ao todo, 63% das crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil são negros; no trabalho infantil doméstico, esse índice se acentua para 73,5%