Notícia

25/10/2017 20:53:45 - Atualizado em 25/10/2017 20:56:56


FNPETI realiza última plenária de 2017

Encontro contou com a participação de Fóruns Estaduais, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e de adolescentes do Conapeti

 
O Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) realizou, nesta quarta-feira (25), a última plenária de 2017. Durante o encontro, o Fórum lançou a publicação Trabalho Infantil nos ODS, realizada em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT). 
 
De acordo com o estudo, o Brasil não vai alcançar a meta de erradicar o trabalho infantil de seu território até 2025, como determina a Meta 8.7 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas. Clique aqui para saber mais sobre a publicação
 
Protagonismo
A plenária contou com a participação dos adolescentes coordenadores do Comitê Nacional de Adolescentes na Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Conapeti), Thiago Silva, Felipe Caetano, Juliana Carolina, Lara Sardenberg e Vivian Rossane, além das integrantes Alanna Mangueira, que também representou a iniciativa 100 Milhões por 100 Milhões, e Anna Luiza Calixto, que também falou em nome da Rede Peteca.
 
Criado em setembro, durante I Encontro Nacional  e do II Encontro Cearense de Adolescentes pela Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, em Fortaleza (CE), o Conapeti tem como uma de suas pautas o protagonismo juvenil. Em suas falas os integrantes alertaram para a importância de garantir que crianças e adolescentes participem de espaços de fortalecimento e discussão de direitos. Ao final da reunião, foi instituído um grupo para garantir a participação de adolescentes e jovens no FNPETI. 
 
A 3ª plenária do ano também foi espaço para compartilhar ações estaduais exitosas de combate ao trabalho infantil. O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente (FEPETI/PB) dividiu com os participantes do encontro a campanha de mobilização realizada em Campina Grande durante as festividades de São João. Todos os Fóruns Estaduais apresentaram informações sobre as campanhas estaduais de 12 de junho, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. 
 
100 Milhões por 100 Milhões
Para falar sobre a Iniciativa 100 Milhões por 100 Milhões, participaram a coordenadora de projetos da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Alanna Mangueira e a integrante do FNPETI, Tânia Dornellas. A iniciativa é coordenada pela Campanha com parceria temática do Fórum Nacional.
 
A procuradora Patrícia de Mello Sanfelici, coordenadora nacional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), do MPT, apresentou ainda o curso à distância sobre trabalho infantil para conselheiros tutelares. As inscrições para nova turma da formação estão abertas.
 
A próxima reunião está prevista para março de 2018.


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

IV Conferência Mundial sobre Erradicação do Trabalho Infantil divulga declaração de Buenos Aires

No documento, participantes da Conferência reiteram o compromisso com a erradicação do trabalho infantil

Gigantes da tecnologia não fazem o suficiente para evitar trabalho infantil

Pesquisa sobre empresas de eletrônicos e de carros mostra que existem “pontos cegos” nas cadeias de fornecedores de cobalto

Conanda seleciona adolescentes para participarem de Comitê

Inscrições terminam em 10 de dezembro; a seleção será via internet

Negros são maioria no trabalho infantil

Ao todo, 63% das crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil são negros; no trabalho infantil doméstico, esse índice se acentua para 73,5%