Notícia

30/11/2017 12:47:50 - Atualizado em 01/12/2017 09:26:56


Nota explicativa sobre os dados de trabalho infantil da PNAD Contínua 2016

Ao apresentar número absoluto de trabalho infantil, não foram somados os dados de crianças e adolescentes que trabalham para o próprio consumo

O Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) compartilha com todas e todos a sua avaliação sobre os dados de trabalho infantil da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua 2016, divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
Ressaltamos que as informações precisam ser avaliadas e compreendidas a partir da seguinte mudança metodológica: foram excluídas da apresentação dos dados sobre trabalho infatil 716 mil crianças e adolescentes que trabalham para o próprio consumo. Nessa ocupação, há uma maior incidência de trabalho infantil abaixo de 13 anos.
 
Os dados apresentados de 1,8 milhão de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos e de 30 mil na faixa de 5 a 9 anos mascaram a realidade do trabalho infantil no Brasil. O número real sobre trabalho infantil, somados os 1,8 milhão aos 716 mil, é de 2,5 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em 2016.
 
A partir dessa mudança metodológica, as crianças e adolescentes que trabalham na produção para o próprio consumo ficarão excluídas das ações e programas de prevenção e erradicação do trabalho infantil.
 
Essa exclusão é mais uma violência do Estado brasileiro, que desconsidera que crianças e adolescentes nessas ocupações são trabalhadores infantis.
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Redes sociais como aliadas no combate ao trabalho infantil

Artigo publicado pela pedagoga Débora Garofalo no site Chega de Trabalho Infantil orienta professores a utilizarem a internet

Trabalho infantil no Carnaval. O que nós temos a ver com isso?

Artigo da coordenadora do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, Elisiane Santos, chama a atenção para essa violação de direitos

PB: Conapeti divulga nota sobre deputado que elogiou trabalho infantil

Deputado estadual Doda de Tião incentivou em uma rede social uma criança que trabalhava vendendo picolé

Trabalho infantil não é folia! Participe da campanha do MPT

Objetivo da ação é alertar para a situação de crianças e adolescentes que trabalham durante o Carnaval