Fórum Estadual da Paraíba

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

06/03/2018 14:23:18 - Atualizado em 06/03/2018 14:23:19


FEPETI-PB cobra mudança de postura do deputado Doda de Tião

Fórum reúne-se com deputado que elogiou o trabalho infantil em redes sociais

Integrantes do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente na Paraíba (FEPETI/PB) se reuniu no dia 21 de fevereiro com o deputado estadual Doda de Tião, para discutir a postura do deputado em relação ao trabalho infantil. Em janeiro, o deputado elogiou, em seu perfil em uma rede social, uma criança em situação de trabalho infantil. A atitude motivou a solicitação de reunião. 
 
No encontro, o deputado foi informado sobre os prejuízos causados pelo trabalho infantil e se comprometeu a combatê-lo e levar a discussão à Assembleia Legislativa. Foram debatidos também a garantia de direitos de crianças e adolescentes e a ausência e ineficiência das políticas públicas. Os integrantes do FEPETI também fizeram um apelo para que o deputado estadual defenda projetos que tenham como foco a implementação de políticas de erradicação do trabalho infantil e estímulo à aprendizagem. 
 
Ofício
 
Doda foi informado sobre a atuação de cada órgão do Sistema de Garantia dos Direitos da criança e do adolescente da Rede de combate ao trabalho infantil. No ofício entregue ao Deputado, o Fórum informou que as reuniões ordinárias acontecem nas primeiras quartas-feiras de cada mês na Sede do Fórum.
 
O FEPETI reafirmou o direito de crianças e adolescentes ao ensino regular de qualidade, como dispõe o art. 227 da Constituição Federal.
 
Participaram ainda da reunião a secretária Municipal de Ação Social do município de Queimadas/PB, Maria Alzenira Gomes Silva Alexandrino.


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

MPT oferece curso sobre combate ao trabalho infantil para conselheiros tutelares

As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 15 de março. O curso é a distancia e começa no dia 1º de abril.

Mais de 1,8 mil crianças e adolescentes foram retiradas do trabalho infantil em 2018

Muitos estavam trabalhando em lava a jatos, oficinas mecânicas e borracharias e no comércio de bebidas alcoólicas. Os dados são da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT).

Procuradora diz que jovens atletas são tratados como "commodities"

Rede pró-infância e juventude critica mercantilização de base

Juiz da Infância alerta sobre a proibição do trabalho infantil no carnaval de Salvador

O juiz Walter Ribeiro, da 1ª Vara da Infância e Juventude de Salvador, publicou portaria estabelecendo parâmetros protetivos para que crianças e adolescentes participem das festas de carnaval.