Fórum Estadual de Pernambuco

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

20/10/2016 14:36:11 - Atualizado em 20/10/2016 14:36:12


Pernambuco cria Comissão Permanente de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

Objetivo é fortalecer as ações de enfrentamento ao trabalho infantil

O governo do Estado de Pernambuco criou, em outubro, a Comissão Permanente de Prevenção e Erradicação do Trabalho (COPETI/PE). De acordo com o governo estadual, a COPETI foi criada para fortalecer as ações de enfrentamento ao trabalho infantil. 
 
A iniciativa partiu da Executiva de Assistência Social (SEAS), da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). O programa seguiu as orientações da Agenda Intersetorial do PETI e da demanda do Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). 
 
A COPETI/PE atuará no âmbito dos programas, projetos, equipamentos e serviços voltados a enfrentar ou prevenir situações de trabalho infantil que repercutam em crianças, adolescentes ou seus familiares.
 
A Comissão vai desenvolver ações em consonância com os eixos das ações estratégicas do PETI: Eixo da informação e mobilização; Eixo identificação de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil; Eixo proteção social para crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil; Eixo da defesa e responsabilização, e por último; e Eixo do monitoramento.
 

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Cabe à Justiça do Trabalho autorizar artistas mirins, defendem juízes

Ação da Abert no STF que questiona competência da Justiça do Trabalho pode resultar em retrocesso

Fundação Abrinq divulga panorama da infância

Estudo reúne dados sobre a situação da infância e adolescência no Brasil, com informações sobre trabalho infantil

Exploração sexual é recorrente em embarcações da Amazônia

Em entrevista à Rádio Nacional, juíza paraense premiada pelo CNJ lembra que luta contra esse crime precisa envolver toda a sociedade

Câmara aprova PL de Escuta Protegida para crianças vítimas de violência

O projeto também prevê que um profissional qualificado participe da conversa