Fórum Estadual de Santa Catarina

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

30/01/2018 14:30:57 - Atualizado em 30/01/2018 14:30:57


Lançada campanha para erradicação do trabalho infantil

Campanha é realizada pelo FETI-SC e pelo MPT

O Fórum Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção do Adolescente no Trabalho em Santa Catarina, juntamente com o Ministério Público do Trabalho e demais entidades parceiras, coloca nas ruas uma campanha contra o trabalho infantil na temporada de verão, nas principais praias do litoral catarinense.
 
A campanha Rejeite produtos vendidos por crianças e adolescentes e denuncie a exploração sexual e o trabalho infantil orienta os turistas a não consumir produtos ou serviços oferecidos por crianças e adolescentes nas praias, festas – destaque para o período do Carnaval –, pontos turísticos, estacionamentos, lavação de automóveis, bares, restaurantes e outros locais públicos. Também pede que qualquer flagrante seja denunciado pelo Disque 100.
 
A campanha é composta por Bussdor, leques e adesivos. A prefeitura da Capital, por meio da Secretaria de Transportes e Urbanismo, cedeu os espaços a que têm direito no contrato junto a empresa Publicar em 30 ônibus do transporte coletivo da Grande Florianópolis. Outros 10 mil adesivos e 10 mil leques estão sendo distribuídos em cidades do litoral catarinense como Balneário Camboriú, Itapema e Palhoça (Pinheira e Guarda do Embaú). Colabore como puder.
 

Fonte: NSC Total


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Trabalho infantil no Carnaval. O que nós temos a ver com isso?

Artigo da coordenadora do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, Elisiane Santos, chama a atenção para essa violação de direitos

PB: Conapeti divulga nota sobre deputado que elogiou trabalho infantil

Deputado estadual Doda de Tião incentivou em uma rede social uma criança que trabalhava vendendo picolé

Trabalho infantil não é folia! Participe da campanha do MPT

Objetivo da ação é alertar para a situação de crianças e adolescentes que trabalham durante o Carnaval

Organizações solicitam ações pelo fim da violência contra crianças e adolescentes

Dados alarmantes sobre abusos, explorações e elevados índices de homicídios motivaram a ação do grupo, do qual o FNPETI faz parte