Fórum Estadual de São Paulo

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

26/07/2017 15:44:17 - Atualizado em 26/07/2017 15:44:17


Campinas: Fórum Estadual discute trabalho infantil artístico nesta quinta-feira

Para participar, é preciso realizar inscrição por e-mail

O Fórum de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador da Região Metropolitana de Campinas está com as inscrições abertas para a reunião deste mês. O encontro é aberto ao público em geral, principalmente profissionais que atuam com o público infanto-juvenil e terá como tema o “Trabalho Infantil Artístico”. 
 
As vagas são limitadas e as inscrições devem ser efetuadas por meio do e-mail peti@campinas.sp.gov.br . O encontro será nesta quinta-feira, dia 27 de julho, às 14h, na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, que fica na Avenida Engenheiro José de Souza Campos, 422, Nova Campinas. 
 
O evento contará com a participação da juíza do Trabalho e coordenadora do Juizado Especial da Infância e Adolescência da Circunscrição de Campinas, Camila Ceroni Scarabelli. Na ocasião, a juíza irá falar das questões que envolvem o trabalho infantil artístico, como os cantores mirins, atores de teatro, circo, cinema, modelos.
 
Essas atividades são permitidas por lei, mas devem seguir uma série de critérios específicos como permissão judicial, horários pré-determinados, respeito as atividades escolares, estar acompanhado pelo adulto responsável dentre outras orientações. 
 
Para mais informações basta entrar em contato com a técnica de referência do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e do Serviço de Abordagem Social de Crianças e Adolescentes, Ana Vitória Galvão Bacchetto. O telefone é (19) 2116-0228 ou pelo e-mail peti@campinas.sp.gov.br
 

Fonte: Prefeitura de Campinas


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Governo paralisa combate a trabalho infantil e escravo

Recursos acabaram na semana passada; entidades de defesa de direitos pedem audiência com ministro do Trabalho

Igreja é condenada a pagar R$ 100 mil a jovem por exploração de trabalho infantil durante 3 anos

Jovem trabalhava das 7h às 23h entre 2012 e 2015 em igreja em João Pessoa

Produção acadêmica contribui para enfrentar o trabalho infantil

Conheça trabalhos realizados por pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba sobre inserção precoce no trabalho

Governo veta prioridade para metas do PNE no orçamento de 2018

Para FNPETI, decisão compromete a redução do trabalho infantil e agrava exclusão escolar