Fórum Estadual do Tocantins

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

06/12/2017 09:23:22 - Atualizado em 06/12/2017 09:23:22


Governo discutirá combate ao trabalho infantil em mais quatro cidades

Essas audiências são realizadas pelo Peti em parceria com o Fetipa

Dando continuidade às ações estratégicas contra a violação de direitos da criança no Estado do Tocantins, acontece nesta terça-feira (5), a partir das 8h, uma audiência pública em Jaú do Tocantins, localizado a 378km de Palmas. Essas audiências fazem parte do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), da Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Setas), em parceria com o Fórum Tocantinense de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Promoção da Aprendizagem (Fetipa). O evento ocorrerá no Centro Cultural de Jaú.
 
São consideradas como trabalho infantil as diversas atividades econômicas ou atividades de sobrevivência realizadas por crianças ou adolescentes em idade inferior a 16 anos. Durante o encontro, entidades e sociedade civil debaterão com o poder público as formas de prevenção, erradicação da exploração do trabalho infantil precoce, o papel da proteção social e os meios de combatê-las, para que consequentemente, sejam oportunizadas cada vez mais dignidade e cidadania às crianças, adolescentes e suas famílias.
 
Audiências
Ao todo já foram realizadas audiências públicas para erradicação do trabalho infantil em 61 municípios do Estado. Nesta quarta-feira (6), será a vez de Cariri, na quinta-feira (7), acontecerá em Talismã e na sexta-feira (80, o encerramento das audiências públicas deste ano acontecerá no município de Alvorada.
 
Como parte das audiências públicas, os prefeitos são convidados a assinarem um Termo de Compromisso para garantir o cumprimento das cláusulas do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para a erradicação do trabalho infantil em suas localidades pelos próximos quatro anos.

Fonte: Jornal Primeira Página


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Intoxicação por agrotóxicos atinge as escolas rurais

Noventa crianças e jovens, intoxicadas em Goiás em 2013, estão abandonadas, denuncia o então diretor da escola - demitido e silenciado

Comentário Geral nº 19 da ONU recebe primeira tradução em língua portuguesa

Documento disponível para download aborda a elaboração de orçamentos públicos para efetivar os direitos das crianças

FNPETI debate a prevenção do envolvimento de crianças e adolescentes no tráfico de drogas

Grupo de trabalho realizou o primeiro de três encontros na quinta-feira (12)

FNPETI lança campanha #votepelosdireitos no aniversário do ECA

Mobilização chama a atenção para a necessidade de escolher candidatos que tenham compromisso com os direitos humanos, principalmente de crianças e adolescentes