Notícias

RS: Denúncias de trabalho infantil caem no estado

Foto: Athena Infonomics
Foto: Athena Infonomics

O Rio Grande do Sul registra queda na média mensal de denúncias feitas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) de casos de trabalho infantil. Ao todo, de janeiro a setembro, foram 169. A média mensal ficou em 18,77 — a mais baixa em seis anos. O levantamento feito pela Procuradoria-Geral do Trabalho a pedido de GaúchaZH leva em conta dos dados de 2014 a 2019.

Apesar da redução, os números ainda preocupam quem trabalha para combater a exploração de crianças e adolescentes. Em julho, o presidente Jair Bolsonaro minimizou o tema.

"Trabalhando com nove, 10 anos de idade na fazenda. Não fui prejudicado em nada. Quando um moleque de nove, 10 anos vai trabalhar, está cheio de gente aí dizendo que é trabalho escravo, trabalho infantil", disse o presidente na época, declaração repetida em outras oportunidades neste ano.

Isa Oliveira, do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, classifica como inaceitável a declaração do presidente. "No Brasil, há uma ausência de uma liderança política na esfera do governo federal que busque a adesão dos governadores e dos prefeitos para uma ação eficaz de erradicação do trabalho infantil", pondera.

Confira a matéria na íntegra no site do jornal Zero Hora

  • FNPETI
  • Fórum Nacional
  • Rio Grande do Sul
  • Trabalho Infantil